Java Para Noobs - Parte 1: O Início


Olá, me chamo Vinicius Monfre e se você me achou aqui, é porque quer aprender um pouco sobre a linguagem Java. Neste curso eu vou direto ao ponto, sem enrolar ou encher linguiça com conteúdos fúteis que vejo muita gente ensinando em seus cursos de Java.

Pode chamar esse curso de Java puro e aplicado se quiser. Serei seu mentor e amigo durante essa caminhada. Peço que a qualquer dúvida por favor comente após o post ou entre no nosso grupo no Telegram, que eu terei um prazer imenso em responder.

Java é uma linguagem de programação orientada a objetos, desenvolvida na década de 90 por uma equipe de programadores chefiada por James Gosling, na empresa Sun Microsystems. Em 2008 o Java foi adquirido pela empresa Oracle Corporation. Mas você não deve querer saber sobre a história do Java e sim como começar a programar nele. A primeira coisa a se fazer é configurar o seu ambiente. Não vou entrar em detalhes a respeito da instalação, pois essa configuração varia de acordo com seu sistema operacional (tais detalhes podem ficam para um post à parte).

Os programas que serão usados são:

- Geany: Um editor de texto completo multiplataforma com suporte a linguagens de programação
- JDK: O kit de desenvolvimento do Java
- Netbeans: Uma IDE multiplataforma que substituirá o Geany no futuro do nosso curso.

Dito isso, devemos fazer o que todo programador faz pelo menos uma vez na vida: cumprimentar o mundo!

public class OlaMundo {
  public static void main(String[] args) {
    System.out.println("Olá Mundo");
  }
}

Vemos neste exemplo o nosso primeiro programa em Java. Se você copiar este código para o Geany, salvar como OlaMundo.java, compilar e executar, será exibida a mensagem Olá Mundo no terminal ou CMD. É um programa composto basicamente por 3 linhas. Farei uma breve explicação sobre o que cada uma faz:

public class OlaMundo {: Java é uma linguagem que trabalha com classes e existe um padrão definido por convenção. Neste exemplo, o arquivo OlaMundo é uma classe pública. Explicarei mais sobre isso no futuro. Por convenção, o nome de uma classe deve ser iniciado por uma letra maiúscula e sem nenhum caracter especial ou números. Caso o nome de sua classe sejam 2 ou mais palavras, elas devem ser escritas juntas, sem espaços e com suas iniciais maiúsculas.

public static void main(String[] args) {: é aqui que seu programa começa. O método main é chamado quando executamos uma classe Java. Ele dá inicio ao seu programa e é um método publico, ou seja, que qualquer outra classe ou método pode acessar. É estático (static), ou seja, ele pode ser acessado diretamente da definição da classe, sem precisar instanciar nenhum objeto. E não possui nenhum tipo de retorno por ser void. O String[] args define que o método deve receber como parâmetro um array de String (nomeado args). Nesse caso: este parâmetro serve para caso seu programa precise receber algum valor como argumento. Isso é muito comum quando o programa é iniciado por outro programa ou pelo terminal ou CMD.

System.out.println() é um método de impressão que exibe uma mensagem com uma quebra de linha. Tudo que você colocar entre aspas dentro desses parênteses será impresso na tela.

Existem 3 opções que podem ser colocadas após o System.out para realizar impressão:

println: utilitário de impressão que realiza uma quebra de linha após o texto inserido
printf: utilitário de impressão que permite que formatemos nosso texto
print: a forma mais comum de realizar impressões

System.out.println()
System.out.printf()
System.out.print()

Agora vamos aos exercícios:

(As seguintes questões foram extraídas do material 300 ideias para Programar, de Virgílio Vasconcelos Vilela).

10 questões sobre saída pra você resolver. Use print, println, printf… use a criatividade. Só não esqueça de me enviar seu código, junto com seu nome no nosso grupo no Telegram.

1) Frase na tela: Implemente um programa que escreve na tela a frase O primeiro programa a gente nunca esquece!.

2) Etiqueta: Elabore um programa que escreve seu nome completo na primeira linha, seu endereço na segunda, e o CEP e telefone na terceira.

3) Frases assassinas: Faça um programa que mostre na tela algumas frases assassinas, que são aquelas que fazem com muitas ideias sejam perdidas antes que amadureçam ou seja aprofundadas. Eis alguns exemplos (bole também os seus):

- Isto não vai dar certo
- Você nunca vai conseguir
- Você vai se estrepar
- Não vai dar em nada
- Está tudo errado!

4) Mensagem: Escreva uma mensagem para uma pessoa de que goste. Implemente um programa que imprima essa mensagem.

5) Ao mestre: Escreva um bilhete ao seu professor, informando seus objetivos nesta disciplina e o que espera dela e do professor. Implemente um programa que mostra seu bilhete na tela.

6) Quadrado: Escrever um programa que mostre a seguinte figura no alto da tela:

XXXXX
X   X
X   X
X   X
XXXXX

7) Tabela de notas: Escreva um programa que produza a seguinte saída na tela:

ALUNO(A)     NOTA
========    ======
ALINE         9.0
MÁRIO         DEZ
SÉRGIO        4.5
SHIRLEY       7.0

8) Letra grande: Elabore um programa para produzir na tela a letra J, de Java Progressivo, usando ela mesma. Exemplo: se fosse o L, seria assim:

L
L
L
LLLLL

9) Menu: Elabore um programa que mostre o seguinte menu na tela:

Cadastro de Clientes
0 - Fim
1 - Inclui
2 - Altera
3 - Exclui
4 - Consulta
Opção:

10) Pinheiro: Implemente um programa que desenhe um pinheiro na tela, similar ao abaixo. Enriqueça o desenho com outros caracteres, simulando enfeites.

     X
    XXX
   XXXXX
  XXXXXXX
 XXXXXXXXX
XXXXXXXXXXX
     X
     X
   XXXXX

Este curso se baseia na apostila do Java Progressivo e no livro Use A Cabeça! - Java.

Adaptei o texto tentando o deixar compreensível ao máximo sem acrescentar conteúdos irrelevantes no momento. Este curso busca ensinar Java de uma forma direta e sem curvas, aprendizado este que transforma a linguagem em algo mais natural com uma curva de aprendizado suave.

Lembre-se: copiar e colar não vai te fazer se tornar um programador. Você só aprende a programar através de repetição e memorização, além de exercitar seu raciocínio lógico para elaborar as fórmulas necessárias para que seu programa realize o que foi proposto.

Por hoje é só. Nos vemos na próxima aula, onde falaremos sobre comentários, tipos numéricos, uma apresentação da classe Scanner e aprenderemos a realizar operações matemáticas em Java.

Até a próxima aula!


Voltar para o blog