No Happy Hour III - Terra à vista!


Demorou pra postar, hein? Concordo. Por isso não percam tempo e vão logo ler a terceira parte dessa aula de Linux escrita pelo Vinicius Monfre.

Leiamos :)

- Cara, foi mal te atrapalhar sua ida para o futebol, mas é que preciso de uma ajuda com o Linux.

- Fica tranquilo. Eu realmente prefiro mexer com Linux e ajudar um amigo do que jogar futebol. Até porque no jogo passado fiquei todo quebrado. Mas diga aí, o que você precisa?

- Então… Eu estudei as distros que você me falou e optei por instalar o Manjaro com a interface Xfce. Ficou bem leve e rápido na minha máquina mas não tô conseguindo fazer nada nele. Não sei nem como instalar programas. Eu clico o .exe mas não vai e tem um escudo vermelho no canto que tá me deixando maluco!

- O Manjaro foi uma ótima escolha. Está com o notebook aí?

- Tô sim. Deixa eu tirar ele da mochila.

- Ótimo, liga ele aí.

- Pronto, ligou.

- Perfeito. Primeiro vamos atualizar o sistema. Abre o menu de programas do seu sistema e pesquisa por atualizações ou updates, se estiver em inglês. Esse programa que você acabou de abrir se chama Pamac e ele é seu melhor amigo no sistema. Sua interface não é das mais intuitivas, mas é uma ferramenta poderosa! Ele abriu na aba de atualizações e te mostra as atualizações disponíveis. Para atualizar completamente o sistema, vamos clicar apenas em Aplicar.O Manjaro é um sistema rolling-release, baseado em Arch Linux, ou seja, ele vai ter sempre os programas mais recentes, porém com diferença de 7 dias do Arch, já que o Manjaro trabalha na correção de pacotes para reduzir as chances de alguma coisa quebrar.

- Entendi. Então o Manjaro vai ter as versões mais novas dos programas, só que o Arch Linux tem elas uma semana antes…

- Exatamente! O que significa que todo dia você vai ter alguma atualização. Eu prefiro atualizar o sistema sempre que aparece uma atualização para não acumular, visto que em uma semana de acumulo pode chegar a um gigabyte de programas. Mas vamos agora à interface do Pamac.

Ao abrir esse programa, você percebe que existem 3 abas no topo: Todos, Instalados e Atualizações. Vamos para a aba Todos, que é onde todos os programas estão. Agora que clicou nela, você percebe que apareceu uma lupa de pesquisa ali no canto. Clique nela e procure um programa de sua preferência.

- Eu procurei pelo Google Chrome mas não apareceu nada. Tá vendo?

- Sim. Então vamos para o AUR. O AUR é o repositório de usuário do Arch Linux. Você encontra de tudo lá, mas é um repositório instável e pode quebrar seu sistema se você instalar algo que não deve. Mesmo assim eu ainda acho o AUR mais seguro que os PPAs do Ubuntu.

O Google Chrome e vários programas que estão nele são muito bons. Eu sempre olho pela relevância, ou seja, o primeiro pacote da lista é o mais baixado. Isso não quer dizer que não tenha riscos, mas são menores. Para ativar o AUR com o Pamac você vai precisar ir no menu hambúrguer, depois em Preferências e depois na aba AUR. Lá você clica em habilitar suporte ao AUR. Pronto! Você já pode usufruir desse repositório.

- Poxa, que legal. Agora eu já consigo instalar programas no meu Manjaro.

- Você consegue instalar, remover e atualizar. Agora é só se divertir.

- Cara, te devo mais uma. Mas eu já preciso ir andando. Se você correr você ainda chega a tempo para o jogo, hein.

- Beleza. Valeu por me lembrar do jogo. Tô indo então. Até a próxima.


Voltar para o blog